Minas Programando

O projeto Minas Programando é uma iniciativa do Governo de Minas Gerais com o objetivo de ofertar vagas em cursos de qualificação profissional na área de tecnologia da informação para mineiros e mineiras. 

Oferta

O projeto tem objetivo de promover a inclusão digital e produtiva de públicos em situação de vulnerabilidade social, e espera qualificar 2.000 pessoas – prioritariamente mulheres – até o final de 2022, em cursos com cargas horárias entre 160 e 280 horas/aula. Dentre os cursos previstos, estão:

  • Operação de Computador
  • Programação Web
  • Administração de Banco de dados
  • Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos
  • Programação de Dispositivos Móveis
  • Programação de Sistemas
  • Administração de Redes

Além do curso de qualificação profissional, participantes do Minas Programando terão acesso a atividades como seminários, workshops, mentorias e conteúdos voltados para orientação profissional e desenvolvimento de competências socioemocionais.

Desigualdades no mercado de trabalho de TI

O setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) está aquecido e vem oferecendo oportunidades de emprego. Entre 2012 e 2018, o número de estabelecimentos e o de vínculos formais de emprego nesse setor cresceram 7% e 9%, respectivamente, em Minas Gerais. Somado a este cenário, estudo da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) indica que até 2024 o Brasil poderá ter um déficit de 270 mil profissionais na área de TIC, sendo que habilidades e competências de programação são apontadas como mais demandadas pelas empresas. Ainda assim, as mulheres representam menos de 40% dos profissionais de TIC, e mulheres negras tem uma participação ainda mais restrita, o que sugere um contexto de desigualdades de gênero e raça no acesso aos postos de trabalho do setor.

Dessa forma, são fundamentais projetos de inclusão produtiva, como o Minas Programando, para que os empregadores não sofram com escassez de mão de obra qualificada e para que toda a população, principalmente a mais vulnerável, tenha as condições de acessar essas oportunidades e se beneficiar do crescimento proporcionado pelo setor.

Inscrições abertas

Curso: Programação com Arduino: Criando Soluções com a Plataforma Tinkercad - 50 vagas exclusivas para mulheres

Instituição ofertante: Vollee

Carga horária: 200 horas

Período de inscrições: até 2 de junho

Início do Processo Socioemocional: 16 de junho

Início da Qualificação em Programação: 11 de agosto

Público-alvo

O processo seletivo para o curso de Qualificação Profissional em Programação com Arduino, destina-se a mulheres, maiores de 18 (dezoito) anos, com ensino médio completo.

Para se matricular é necessário que a interessada resida na microrregião de Montes Claros *(Bocaiúva, Brasília de Minas, Campo Azul, Capitão Enéias, Claro dos Poções, Coração de Jesus, Francisco Sá, Glaucilândia, Ibiracatu, Jaíba, Janaúba, Januária, Japonvar, Juramento, Lontra, Luislândia, Mirabela, Montes Claros, Patis, Ponto Chique, Pirapora, Salinas, São João da Lagoa, São João da Ponte, São João do Pacuí, Taiobeiras, Ubaí, Varzelândia, Verdelândia).

 

Por que participar?

Serão ofertadas 200h de curso de Qualificação Profissional em Programação com Arduino, exclusivas para mulheres, além disso contemplará conteúdos voltados ao desenvolvimento de competências para o mundo do trabalho, oferta de mentorias e workshops.

Cursos Ofertados

De forma gratuita, 50 vagas, de 200 horas de duração, na modalidade Educação a Distância (EAD) para Programação com Arduino

 

Como participar?

A primeira etapa da seleção, de caráter classificatório, se dará por meio de teste de conhecimento básico aplicado via formulário online no ato da inscrição:

Para se inscrever, clique aqui!

O período de inscrição será entre o dia 17 de maio de 2021, até o dia 2 de junho de 2021.

A divulgação do resultado será pelo site da Sedese.

As 100 (cem) candidatas selecionadas deverão confirmar a matrícula respondendo o email que será enviado ao endereço digital cadastrado na inscrição, para iniciarem a segunda etapa da seleção.

A segunda etapa da seleção, de caráter classificatório, será por meio de realização de teste testes vocacionais online (Rede Cidadã) e 40 horas de curso socioemocional a serem ofertados pela Vollee (20 horas) e pelo SebraeDelas (20horas).

Serão selecionadas 50 (cinquenta) alunas que melhor se adequarem ao perfil do curso.

Dúvidas decorrentes desta divulgação poderão ser direcionadas para o e-mail:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

LOGO BRANCA

 

   Selo OGE

 

 

 

Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social - SEDESE

CNPJ: 05.465.167/0001-41

 

Endereço:

Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves 

Rodovia Papa João Paulo II, 4.143

Prédio Minas, 14º andar

Bairro Serra Verde - Belo Horizonte/MG

CEP: 31630-900

 

Siga nossas redes:

 facebook     twitter instagram   

 

Horário de funcionamento:

08:00h às 18:00h 

 

Aspectos legais e responsabilidades

Política de Privacidade