Metodologia e resultado do estudo de demanda

O mapa de demanda por Educação Profissional se trata de um levantamento de cursos técnicos que refletem a demanda por profissionais pelos setores da economia. A metodologia de mapeamento foi desenvolvida pela Diretoria de Articulação e Planejamento da Educação Profissional (DAPEP), e é baseada em dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Censo Municipal e do Censo Escolar para identificar os cursos relacionados às ocupações mais demandadas no mercado de trabalho.

Em 2019, o mapeamento foi realizado para as doze mesorregiões do Estado e serviu de insumo para a definição da oferta de cursos técnicos na rede estadual, com destaque para a repactuação de recursos remanescentes do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). A expectativa é que, somente em 2020, sejam criadas mais de 15 mil vagas em todo o estado, sendo a maior parte delas em cursos técnicos e de curta duração (cursos de Formação Inicial e Continuada – FIC). O mapa de demanda por Educação Profissional será atualizado periodicamente, já que entre seus principais objetivos está o alinhamento dos cursos às dinâmicas do mercado de trabalho.

Maiores detalhes acerca da metodologia de mapeamento podem ser obtidos através da Nota Técnica elaborada pela DAPEP – link
Resultados do mapa de demandas para as 12 mesorregiões - link

Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social - SEDESE

Coordenação de tecnologia, informação e comunicação

 

Selo OGE

 

Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves 

 

Rodovia Papa João Paulo II, 4.143

Prédio Minas, 14º andar

Bairro Serra Verde - BH / MG

CEP: 31630-900