A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), por meio da Subsecretaria  de Trabalho e Emprego, deu início nesta terça-feira (2) à capacitação de atendentes e coordenadores de 35 unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine)/UAI no primeiro Ciclo de Reciclagem que será realizado neste ano. O treinamento, realizado em parceria com a Superintendência Regional de Trabalho e Emprego (SRTE), se estende  até o dia 4, das 8h30 às 17 horas, no Plenário no 9º andar do Prédio Minas, da Cidade Administrativa. Ao todo, serão feitos sete eventos neste ano.

Destinada a servidores que fazem a postagem do seguro-desemprego, captação de vagas de emprego e intermediação de mão de obra na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), a reciclagem busca repassar aos servidores as modificações e atualizações do Sistema Mais Emprego, do governo federal, revisar alguns conceitos, além de reforçar a importância da realização de um atendimento de qualidade aos trabalhadores que procuram as unidades do Sine/UAI.

Durante o evento na Cidade Administrativa, o subsecretário de Trabalho e Emprego da Pasta, Raphael Vasconcelos  Amaral Rodrigues ressaltou a importância dos cursos de reciclagem para a contínua melhoria dos serviços prestados para o cidadão.  “A atualização constante, agregando novos métodos e técnicas para a intermediação de mão de obra, por exemplo, contribui para um atendimento mais qualificado para o cidadão, o que pode ser determinante para a alocação eficiente do candidato no mercado de trabalho”, afirmou.

As outras capacitações serão feitas para funcionários dos Sines/UAIs de Divinópolis, Montes Claros, Uberlândia, Juiz de Fora, Ipatinga e Poços de Caldas, conforme cronograma abaixo.

Minas Gerais conta hoje com 132 unidades do Sine em todo o Estado. Além da postagem do seguro desemprego, os postos do Sine têm sido de fundamental importância para a captação de vagas de emprego e intermediação de mão de obra, facilitando assim o ingresso ou a recolocação de trabalhadores do mercado formal de trabalho.

Busca Ativa

Um dos projetos que tem contribuído para melhorar a empregabilidade do trabalhador, já implementado em várias unidades do Sine, é o Busca Ativa de Vagas, que identifica setores da economia e empresas que têm potencial de geração de postos de trabalho. Por meio do cruzamento de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregos (Caged) e de contribuintes do ICMS no Estado são produzidos boletins mensais com informações sobre o mercado de trabalho.

Com os boletins em mãos, funcionários do Sine vão em busca das oportunidades de trabalho identificadas, potencializando assim a geração de empregos nos municípios e regiões. Esses contatos são feitos por meio de visitas às empresas ou por telefone.

Por meio dessa ferramenta, os postos do Sine/UAI deixaram de receber apenas as ofertas vindas espontaneamente das empresas e ampliou a proximidade dos empregadores com o banco de vagas de emprego. Dessa forma, com empresários fidelizados, as unidades passam a se destacar como importantes intermediadoras de mão de obra. Já para os trabalhadores que procuram o Sine, o Busca Ativa garante um aumento das chances de obtenção de oportunidades no mercado de trabalho.

tabela sine