Foto: Gil Leonardi - Imprensa/MGMinas Gerais conhecerá no próximo dia 20 os vencedores da 1ª Edição do Prêmio Empresa Inclusiva para Trabalhadores com Deficiência, criado pela Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese) para mapear, valorizar e divulgar as boas práticas de inclusão de trabalhadores com deficiência. A solenidade será realizada na sede da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), na avenida do Contorno, 4.456, bairro Santa Efigênia, em Belo Horizonte, a partir das 19 horas.

Durante o evento, receberão o troféu cada uma das três empresas que venceram na categoria “Grandes Empresas”, além de outros três  vencedores na categoria “Empreendedor Individual com Deficiência”. Outras duas empresas e dois empreendedores individuais serão agraciados com placa de menção honrosa.

O Prêmio Empresa Inclusiva foi dividido em três categorias: Empreendedor Individual com Deficiência, Pequenas e Médias empresas – as que possuem mais de 99 funcionários, e Grandes Empresas – com 100 ou mais empregados.  Ao todo, foram 37 participantes no processo de seleção.

Para as empresas, entre os pré-requisitos para participar dessa 1ª edição do prêmio foi  observar dimensões da inclusão da pessoa com deficiência, como gestão estratégica, gestão de recursos humanos, gestão de carreiras e acessibilidade (arquitetônica e comportamental), além de estar cumprindo o que prevê a Lei Federal 8.213/91, a denominada lei de cotas para Pessoas com Deficiência (PCD). De acordo com a legislação, empresas com 100 ou mais funcionários estão obrigadas a preencher de 2% a 5% dos seus cargos com beneficiários reabilitados ou pessoas com deficiência na seguinte proporção: até 200 funcionários (2%), de 201 a 500 (3%), de 501 a 1000 (4%) e, de 1001 em diante (5%).

Esta 1ª edição do Prêmio é uma realização do governo de Minas e das seguintes instituições: Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH/MG), Sistema Fiemg,  Sistema Ocemg, Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Minas Gerais (Fecomércio-MG), Serviço Social do Comércio (Sesc-MG), Conselho Estadual de Geração de Trabalho, Emprego e Geração de Renda (Ceter), Fundação João Pinheiro e Instituto Ester Assumpção.