História do Suas em MG

Registros da história da Assistência Social em Minas Gerais

A história de uma política pública é escrita por todos os que participam de sua construção. Esta exposição é um registro, ainda que incompleto, da constituição da política de Assistência Social em Minas Gerais. 

A partir da Constituição Federal de 1988, destacamos três períodos fundamentais para a Assistência Social no estado. De 1988 a 1994, tivemos a luta política em defesa da Lei Orgânica de Assistência Social-LOAS. Com essa conquista, a Assistência Social sai da esfera da filantropia e entra no campo dos direitos sociais.

Entre os anos de 1994 e 2003, a sociedade organizada se mobiliza pela institucionalização da política de Assistência Social em Minas Gerais. Foi um período de intensa articulação e construção coletiva da política, em diversas regiões do estado. Grupos de trabalho promovem seminários, encontros regionais e debates e coletam 10 mil assinaturas para o projeto de lei de iniciativa popular que determina o fim do repasse de verbas de subvenção social pelo Legislativo.

A partir de 2003, os esforços são direcionados para a  consolidação do Sistema Único de Assistência Social-SUAS. Momento de avançar para a garantia da proteção social no Brasil e construir um modelo unificado, descentralizado e participativo. A Assistência Social se torna prioridade nacional e sua preocupação, desde então, é com o aprimoramento e a qualificação dos serviços e ampliação dos recursos financeiros e orçamentários.

Em 2015, iniciamos um novo período, marcado por maior participação e ampliação da proteção social no estado. Neste ano em que o Sistema Único  de Assistência Social completa 10 anos, juntos começamos a escrever a história do SUAS que queremos.

Confira algumas fotos que fizeram parte dessa história:

Pesquisar no Blog

Assine nossa Newsletter

Vigilância Socioassistencial

Siga-nos